7 de fevereiro de 2010

Vila Real 2-3 Régua
Divisão Honra AFVR - 19ª Jornada

Confusão com placar ajudou na derrota “alvi-negra”.

Não foi o resultado da primeira volta mas o facto é que o Vila Real voltou a sucumbir diante do Régua. Alguns meses depois, duas equipas técnicas e alguns jogadores mais tarde, o “bila” repete a derrota mas sem a “célebre” goleada por 4-0 angariada em Outubro passado.

O esquema de Carlos Felisberto era semelhante ao utilizado na goleada frente ao Lobrigos, apenas o guardião Ivo regressaria à baliza em detrimento de Pedro, o habitual titular, e André Azevedo abdicaria do seu lugar para dar oportunidade a Moura.

O Vila Real entrava praticamente a vencer, já que, o guardião reguense Zé Daniel deixava escapar um cruzamento de André Lisboa, logo ao minuto 4, dando de bandeja o primeiro tento aos locais.

O resultado manteve-se intacto até perto do intervalo, altura em que o SC Régua, após algumas ameaças, consegue a igualdade com um bom remate de fora de área do centro-campista Tiago Nóbrega.

1-1 seria o resultado ao intervalo, contudo, o melhor estaria reservado para o segundo tempo.

No reatamento, Carlos Felisberto faz algumas mexidas no seu xadrez. Manda entrar Mico e André Azevedo, para a saída de Peixoto e Moura (pelo menos era essa a intenção). Um erro no placar levou à saída de Castanha em vez de Peixoto e gerou-se a confusão. Castanha acaba mesmo por sair mas Peixoto é expulso por acumulação de amarelos, após protesto, e estava estragado o espectáculo. No final do encontro, o técnico vila-realense explicou que “o assistente que levantou o placar deveria ter-se apercebido que o número afixado não correspondia às indicações que lhe foram dadas e deveria ter corrigido o equívoco”. Tal não aconteceu.

A jogar com dez, o Vila Real ainda conseguiu reter a posse de bola mas as oportunidades criadas não seriam suficientemente objectivas. Com tudo isto, quem aproveitava era o Régua. Ao minuto 65’, Paulinho, jogador formado na Diogo Cão, executa outro belo remate e os forasteiros passam a estar na frente. O jovem avançado estaria ligado ao terceiro tento reguense, uma vez que serviu o recém-entrado Quinzinho para o golo que acabaria por deitar por terras as aspirações “alvi-negras”.

Porém, nem tudo estava perdido e Miguel Ângelo, ao desviar um livre de André Lisboa, reduz para 3-2 em cima do minuto 90. Tal golo não foi suficiente e os vila-realenses não evitaram a segunda derrota neste campeonato, perdendo, desta forma, a liderança para o Mondinense.

Foto e texto por: FR

Ficha de jogo:

Estádio Municipal do Monte da Forca, Vila Real
Árbitro: Vítor Silva
Auxiliares: Rui Rebelo e Vitorino Oliveira

Vila Real: Ivo, Bessa, Peixoto, Miguel, Mica, Ernesto, André Lisboa, Castanha (Mico, 60’), Leandro (Miguel Ângelo, 45’), Shuster, Moura (André Azevedo, 60’)
Treinador: Carlos Felisberto

Régua: Zé Daniel, Carvalho, André Silva, Nóbrega, Miguel (Pedro Plantas, 89’), André Viamontes (Quinzinho, 73’), Luís Carlos, Paulinho (Alexandre, 90’), Duarte, Zé Diogo, Paulo Roberto
Treinador: Tozé Marques

Ao intervalo: 1-1
Disciplina: Amarelos: Carvalho (16’), Zé Diogo (44’), Peixoto (52’ e (61’), Luís Carlos (80’), Mica (88’). Vermelho: Peixoto (61’)
Marcadores: André Lisboa ( 4’), Tiago Nóbrega (43’), Paulinho (65’), Quinzinho (83’),Miguel Ângelo(90’)

www.notíciasdevilareal.com

28 comentários:

sortudo disse...

É bom que resultados assim acontecam para que certos clubes desçam a terra e vejam que tem que lutar pelas vitorias. Parabens ao Regua que deu tudo em campo. Quanto ao Vila espero que continue a escorregar naquilo que criou : destabilizaçao noutros clubes. Ha muita gente nervosa pelo Monte da Forca.

7 de fevereiro de 2010 às 21:52
João Martins disse...

O Carlos Felisberto como treinador adjunto seria bom! reconheço que domina a metedologia de treino ( estatisticas;organização...), mas como treinador principal deixa muito a desejar! Porque tira o Pedro, Francis, que para mim tem sido o jogador mais regular e o André Azevedo que tem sido a revelação desta equipa? Os jogadores que vieram com ele de Mondim não têm obrigatóriamente de jogar,caso do Miguel e Peixoto. Além disso ha jogadores que rendem muito mais em determinados lugares!A equipa precisa de jogar mais e o Carlos de falar menos.

8 de fevereiro de 2010 às 10:06
w201 disse...

o bila não esteve ao seu nivel devido a algumas mexidas discutiveis...
o gr faz me lembrar o patricio... é novo e só enterra...
o ernesto a trinco acho que foi uma má opção (jogava o lisboa e o miko a medio encostado a direita)...
e na frente o moura... parece o pringle
o regua fez aquilo que sabe melhor que é defender e só atacou pela certa mas tal como na primeira volta foi muito eficaz (nao quero retirar o merito ao regua dizendo que defende bem, porque acho que dos jogos que vi, foram sempre muito fortes neste aspecto
o ataque é mortifero e muito rapido com o brasuca e o baixinho nº10)quanto á expulsao julgo que foi demasiado forçada, podia ter havido mais bom senso visto que se gerou uma confusao com culpas do director do bila e do fiscal de linha..
para a semana há mais (esperemos com o gr diferente e outro trinco- o ernesto pra mim é mesmo central)e o bila esperemos nós voltara a vencer...



força bila

8 de fevereiro de 2010 às 10:38
AS disse...

Volta Fredy para ver se a nossa equipa ganha altura.
Pois o nosso jogo aereo é muito fraco.

8 de fevereiro de 2010 às 12:00
Anónimo disse...

grande vitoria do REGUA!!!! Miudos ,como alguns dizem, que mostraram a toda a gente que ja sao homens e que sabem o que fazem dentro de campo (merito para o seu treinador k sempre acreditou nesta equipa jovem , que ainda vai dar muitas alegrias aos socios do Regua, num futuro proximo) Parabens a todos os JOGADORES e ao grande treinador TO-ZE MARQUES. So para terminar quero deixar aqui um reparo, o segundo golo do regua surge antes da expulsao do jogador do vila real



Força REGUA

8 de fevereiro de 2010 às 12:00
Anónimo disse...

É só treinadores de bancada...
Aproveitem que vai começar um curso de treinadores na Associação de Futebol e inscrevam-se, já que sabem tanto...

Deixem o Carlos trabalhar!
Em vez de criticarem apoiem os jogadores!

8 de fevereiro de 2010 às 12:20
FR disse...

Caro anónimo,

O golo do Régua surge depois. A substiuição foi aos 60, 61 minutos e o golo por volta dos 65'.

Cumps,

FR

8 de fevereiro de 2010 às 12:29
JA disse...

Meus caros bem ou mal as opções é o treinador que as toma, para isso lhe pagam.
Mas as pessoas estão a esquecer duma coisa o SC Vila Real só perdeu um jogo, continua a depender de si proprio para atingir os seus objectivos, e já tanta critica para o treinador o Homen perdeu um jogo e dez desputados.
Vamos ter calma e ajudar os jogadores a levantar a cabeça.
Um abraço para toda a FAMILIA VILAREALENSE

8 de fevereiro de 2010 às 12:48
Anónimo disse...

Peço desculpa entao tinha ficado com a ideia que tinha sido depois.


cumps

8 de fevereiro de 2010 às 12:55
Anónimo disse...

caro w201,
Gostaria de saber em que é que o gr enterrou ?
e já agora as mexidas sao problema do treinador .
o vila real na primeira parte pecou por falhar alguns lances que dariam uma vantagem mais segura !
o golo no a acabar a primeira parte galvanizou os jogadores do regua que regressaram bem do balneario e o vila real na mo de baixo !
ah ja agora que fala em patricio , devia ser dos adeptos que estava atras da baliza na segunda parte , que em vez de apoiar nao , é só chamar nomes , tambem deve ser daqueles que fazia tudo com uma perna as costas...
bla bla bla...é o que lhe digo !

8 de fevereiro de 2010 às 13:14
w201 disse...

sr anonimo das 12.20, sou socio do bila e a minha opiniao é apenas e só a minha opiniao...
o felisberto tem feito um bom trabalho, mas está sujeito quer a errar quer a ouvir criticas...
mas não é por criticar uma ou outra situação que deixarei de o apoiar enquanto treinador do bila...
os jogadores merecem o nosso apoio, tiveram um dia mau? paciencia melhores dias virao...

ps: reprovo totalmente a contestação de algumas "pessoas" que ontem se puseram atrás do banco do bila a insultar e importunar o NOSSO treinador...

8 de fevereiro de 2010 às 14:31
bila 4ever disse...

eu continuo a apoiar a equipa e o mister felisberto pois nao e por uma derrota que ele vai perder o seu valor,pois continua a ser o melhor tecnico da associaçao de vila real e acredito que com este treinador e 80% por cento deste plantel o vila real e capaz de ir para alem da 3ºdivisao...

ontem so nao concordei com o facto de o mister felisberto ter deixado o andre azevedo no banco pois ele tem sido dos melhores jogadores e nos ultimos jogos so nao marcou em lobrigos...mas pronto esta provado que nesta equipa todos tem que trabalhar para jogar!

8 de fevereiro de 2010 às 17:56
Anónimo disse...

Lamento profundamente o que se passou ontem no Monte da Forca, e condeno os adeptos que desçeram da bancada para insultarem o treinador Carlos Felisberto! É uma vergonha para o Vila Real e para todos. Quer dizer o Felisberto deu aos Vilarealenses tudo o que eles até agora não tiveram, e ontem foi a vergonha que foi, cenas tristes e adeptos sem nivel, e que querem ganhar a todo o custo. Para se comentar ou ver desporto, primeiro é preciso saber estar nele!! Uma palavra de amigo para o Carlos Felisberto:
Devias ter ficado em Mondim, podias não subir, mas aos menos eras acarinhado pelos adeptos quer ganhasses, quer perdesses!

Flávio

8 de fevereiro de 2010 às 19:53
Anónimo disse...

Ó senhor João Martins, o senhor é que devia "falar" (escrever) menos, pois a probabilidade de errar é menor. O Carlos Felisberto treinador adjunto?! Tenha vergonha. Está visto que não percebe nada de futebol. Já pensou que é ele que está toda a semana com os jogadores, que sabe o que eles trabalham durante a semana, etc. Mas tb pode opinar à vontade, pois vozes de ignorantes n chegam aos céus. Tanta barbaridade num comentário só. Força Vila Real,força Felisberto e toda a equipa. É destes adeptos que se têm que livrar, pois n ajudam nada, só atrapalham.

9 de fevereiro de 2010 às 00:02
Anónimo disse...

Então eu não percebo nada de futebol! E o Sr ou Sra percebe? acredito que o treinador do S C Vila Real para si tenha muito valor anónimo 00:02 mas para mim é fraco. Pois não chega ter teoria, é necessário ter outros conhecimentos e dominar outros aspectos. como ex futebolista foi mediano ( Jogador de Distrital), tem o curso de treinador, mas não é suficiente para ser o melhor treinador da AFVR. Tem que conhecer melhor os jogadores e alcançar outras coisas essenciais, como por exemplo, não ser pesado, nas palestras diarias de meia hora, estando frio, neve ou chova mantem o mesmo tempo de treino, não consegue controlar a azia no balneário e viu-se neste jogo como saiu o Castanha! Um bom treinador não é o que fala bem, mas sim o que tem talento e competência... Nem todos os Professores têm de ser treinadores, mas o culpado foi o Mourinho!
João Martins

9 de fevereiro de 2010 às 10:24
Anónimo disse...

nem com dez minutos de compensação...sim porque além dos "6" minutos dados como tempo extra...ainda houve mais 4...

9 de fevereiro de 2010 às 12:15
Douro disse...

Caro anónimo das 10:24,

Vai-me desculpar, o homem pelo facto de ter averbado uma derrota passa de bestial a besta? Bem, o Felisberto tem formação académica e esse factor é positivo (óbviamente q o empirismo tb é importante), tem um discurso desempoeirado e arejado (é mau fugir aos lugares comuns?), foi atleta no Distrital, como sabe começou tarde (foi um honesto e brioso atleta do meu SC Régua, entre outros emblemas, jogava nos Distritais e tinha a actividade académica paralelamente, e tiro-lhe o chapéu por isso mesmo)e o Mourinho de que fala? Jogou aonde? Eu respondo-lhe, fez parte do Plantel do Rio Ave FC na época 81/82 e porque o Pai era o Treinador, e não é por isso q deixa de ser um dos melhores treinadores do Mundo.
Agora repare,o Mondinense enquanto ele foi o seu timoneiro, os melhores registos que conseguiu, quer nos 2 Campeonatos da III Nacional, quer numa edição da Taça de Portugal, tinha o Felisberto ao leme. Esta temporada enquanto o comandou foi líder, e repito, o SC Vila Real vai categóricamente chegar á Jornada 30 Campeão confortavelmente, porque tem a melhor equipa e o melhor Treinador da Honra. E fica o meu desabafo face a tamanha ingratidão, incoerência, e sublinho que nao conheço pessoalmente o Felisberto, mas nao pactuo com injustiças.

P.S. No final de Abril, ínicio de Maio voltamos a falar.

9 de fevereiro de 2010 às 14:09
Anónimo disse...

João Martins...Para falar d engenharia é preciso ser engenheiro, para falar de medicina é preciso ser médico, para de jardinagem, JARDINEIRO!? o Sr é o que!? Defina talento e competência!

Há azias que mesmo com Renie não passam, e talvez o Sr. assine João Martins mas não o seja na realidade, e seja sim um infeliz qualquer que mais uma vez está com uma inveja dos diabos.

Já agora, anda a escrever muito cedo...pelos vistos ao trabalho não chega atrasado...

Cumprimentos

9 de fevereiro de 2010 às 17:22
Anónimo disse...

João Martins, se eu já achava que o senhor não percebia nada de futebol, agora tenho a certeza. E mais, você não foi de certeza jogador (deve ter dado uns pontapés)e de treino não percebe nada. Palestras de meia hora? E quê, isso é mt? Realmente nesse comentário já se vê tudo. Mantém o mesmo treino independente das condições climatéricas? Viu isso em 2 semanas de treino antes de ser dispensado? Está visto que n entende nada, pois o treino penso eu que é programado tendo em conta essas condicionantes. Azia no balneário? Isso existe em todo o lado e como deve ter reparado, pois parece-me que anda bastante distraído, o jogador que referiu já saiu do Vidago por algum motivo. Enquanto jogador do Abambres também não foi exemplo.Mas até penso que neste caso o jogador saiu está completamente errado. Concordo consigo pelo menos em alguma coisa, qd diz que nem todos os professores têm que ser treinadores, mas a informação e o conhecimento nunca ocuparam lugar, e para já na curta carreira que tem o Carlos Felisberto, tem demonstrado que é bom treinador e um bom líder. Mas para concluir, eu como adepto do Vila Real, continuo a acreditar na equipa e no treinador e não é pessoas como você que vão impedir de ver o nosso Bila campeão. E pelos vistos não sou o único. Mais uma coisa, a dor de cotovelo é lixada, principalmente qd se é dispensado...

9 de fevereiro de 2010 às 17:50
Anónimo disse...

Depois da palhaçada que se passou, até podiam ter sido mais 15 minutos. Vergonha!

9 de fevereiro de 2010 às 17:51
Anónimo disse...

alem deste sr "joão martins", há ai outro senhor, chamado de Sortudo, que é mt piadetico...nervoso ficam akeles ke se oferecem sistemáticamente aos clubes e que vão tendo a sorte de ser aceites por alguns treinadores que não conhecem o seu valor...pois há jogadores que só sonharam entrar algum dia SCVR porque as coisas começaram da forma que começaram, com mt gente a treinar a experiencia...no entanto outros permanceram e com a persistencia la foram inscritos por um MIKE patrik, e eram do SCVR desde pekeninos...

Arrastam se por ai como as Carroças de bois..

9 de fevereiro de 2010 às 20:00
Anónimo disse...

Sr. Pseudónimo João Martins, está visto que a azia do Castanha é apenas um ínfimo grãozinho de açúcar comparada com a sua. Talvez com a sua "metedologia" (08/02 às 10.06) consiga fazer variar o tempo de um jogo de futebol, consoante as condições climatéricas e aí o mundo do futebol ficar-lhe-á eternamente grato. Talvez também consiga ainda, agora sim, com uma METODOLOGIA inovadora, melhorar a performance de "carroçarias" já entravadas para o futebol de rendimento e assim um dia regressar ao GRANDE S. C. VILA REAL.
Força e cumprimentos a toda família "bilarealense" que bem precisam para alcançar os vossos objectivos.

LUÍS OSÓRIO

9 de fevereiro de 2010 às 20:29
Anónimo disse...

Mas vossas excelências ainda não perceberam que ouve troca na substituição!!?? O jogador a sair seria o Peixoto, não o Castanha! Não por estar a fazer mau jogo, mas porque o empate NUNCA serve ao SCVR...!

Caro "anónimo" do dia 9 Fev, 10:24, que assina "João Martins" (será mesmo ese o nome??):
você deve ser mais um treinadeiro ou treinador de bancada, ou talvez um outro caso...que de algum tempo para cá, ficou com azia...(com o Carlos Felisberto)
Não é só na prática (entenda-se "treino em campo") que se adquire os processos desejados! Também "convém" saber alguma coisinha! Mas talvez voçê não tenha capacidades...

Olhe, talento e competência é o que não falta ao Carlos Felisberto!!!
Mas não vale a pena estar a falar...

Observador Atento

9 de fevereiro de 2010 às 20:37
Anónimo disse...

Eu acho muita piada a quem vem para aqui dizer isto ou aquilo, que o treinador é fraco, que os jogadores têm azia, que não consegue ter mão no balneário etc etc.

1º: algum dos ilustres postadores de comentários já foi treinado por Carlos Felisberto? (se sim, pode opinar sobre as suas aptidões como treinador, senão tem que estar quieto e calado e como diz o ditado "quem está de fora racha lenha")

2º: se os jogadores têm azia? É porque se a equipa não está a ganhar, estão chateados e querem estar dentro do terreno de jogo para tentarem dar a volta ao resultado e ai sairem de cabeça erguida e com o sentimento de dever cumprido. Caso sejam substituidos, desde que tenham o sentimento e a noção que deram tudo o que podiam, tudo bem(mas caso nenhum dos postadores de comentários tenha sido jogador de futebol, não sabe o que isso é...)

3º:não consegue ter mão no balneário? pergunto-me:"ou algum dos ilustres postadores de comentários é um actual ou ex jogador de Carlos Felisberto, ou então que esteja caladinho e pense antes de escrever o que quer que seja!!" É que é muito bonito dizer que o treinador isto, o treinador aquilo, mas de certeza que ninguém mais que ele, que o seu corpo técnico, médico e jogadores querem ganhar e levar o BILA à divisão que conhece!

P.S: Para estes pseudo adeptos do Vila Real, a vitória do Chaves frente ao Paços de Ferreira deve ter sido mais importante que a subida de divisão do Vila Real! Tenham orgulho na cidade onde vivem e do povo que representam!

Abraço Carlos

10 de fevereiro de 2010 às 00:35
Anónimo disse...

olha olha o douro , pa alem de ter a mania que percebe de tudo ,agora tambem é bruxo! eu se disser que o benfica vai ser campeão, e insitir nisso e espero que assim seja,tenho 50% de ipotse de isso vir acontecer...ao menos o mondim quando sobe aos nacionais aguenta-se uns aninhos e quem ganha é a região transmontano embora as vezes pessoas como voce n entendam que mondim de "BASTO" tem orgulho em ser "TRANSMONTANOS",agora so porque se é capital de destrito ja tem de ser a força toda o vila real que tem de subir independentemente de calcar-mos, magoar-mos e ate mesmo faltar-mos ao respeito etc etc é uma coisa que eu nao entendo essa mentalidade mesquinha e tacanha,mas porquê???e o investimento dos outros clubes em geral o sacrificio k fazem os directores socios pra terem uma equipa na divisão de honra independentemente do orçamento de cada um!? sim porque o orçamento do seu regua e de 3500 euros mensais mas n caiem do ceu?o suor e orgulho dos outros jogadores quando dão tudo em campo,so porque "tem de ser" o vila real a subir custe a quem custar???entao pra que competir entao pra que ir a bola, pra que gastar dinheiro ja sabemos quem vai subir, se assim é e não á verdade desportiva não vai demorar muitos anos e em ves de a afvr ter 2 divisões tem so 1 ate k acaba por acabar, pois é o que merecem pessoas, socios, derigentes e principalmente esses senhores k derigem essa afvr que é uma vergonha,mas mais cedo ou mais tarde tudo se sabe, k o diga o sr. Nuno Pinto da Costa...
...pela verdade desportiva e que ganhe o melhor dentro das 4 linhas...

saudacões desportivas

10 de fevereiro de 2010 às 00:40
Anónimo disse...

o vila nao tem futebol para ser campeao para mim mondim seria campeao pk tem a melhor ekipa da afvr

10 de fevereiro de 2010 às 16:53
Anónimo disse...

É por isso que o futebol não evoluí...

Perguntem ao árbitro e ao árbitro assistente (do lado da bancada) se está de "consciência tranquila"!!!

1ª parte: Moura ultrapassa penúltima linha defensiva adversária (só faltava o guarda-redes), enquadrado com a baliza, sofre falta, que é assinalada, e a acção disciplinar foi cartão amarelo (!!!).
Deve ser uma regra nova! Cumpram as leis de jogo!

2ªparte: substituição no SCVR, confusão quanto ao número do jogador a sair! Sai o jogador errado, que não era o número que estava no papel entregue ao árbitro assistente do lado da bancada. E "sua excelência" não verifica qual o número do jogador que saiu!!?? Inacreditável!

Não foi por isso que o SCVR perdeu! Perdeu porque o SCRégua marcou três golos que são indefensáveis, por qualquer guarda redes!
Mas esta confusão CONDICIONOU (e muito!) a organização da equipa. Até porque uns minutos depois sofre o segundo golo.

Sr. árbitro e senhor árbitro assistente, tenham vergonha!

Observador atento.

12 de fevereiro de 2010 às 01:16
Anónimo disse...

Só tenho pena que não tenha existido tanta condescendência com o Carlos Manuel... que não teve um plantel feito á medida e cheio de retoques, mas teve de treinar quem à altura não rejeitou o Vila real, e na altura ainda foram alguns a rejeitar. Abraço e boa sorte ao Felisberto.

12 de fevereiro de 2010 às 12:46